Notícias da CCR ViaOeste

Notícias

19/12/2017 | Feriado

CCR ViaOeste estima cerca de 530 mil veículos no Sistema Castello-Raposo durante a Operação Natal

A CCR ViaOeste estima que cerca de 530 mil veículos realizem o deslocamento característico de feriado pelo Sistema Castello-Raposo entre a 0h da próxima sexta-feira, 22, e 24h da segunda-feira, 25, período que concentra a movimentação do Natal. A Operação Especial será monitorada pelas 78 câmeras ligadas ao Centro de Controle Operacional (CCO) da Concessionária e também pelo Centro de Controle Integrado (CCI) da ARTESP.

Diogo Stiebler, gestor de Tráfego da CCR ViaOeste, alerta que a previsão de movimentação de saída do feriado pela Rodovia Castello-Branco no sentido Interior começará cedo, na sexta-feira, “Prevemos um fluxo mais intenso de veículos já a partir das 10h, se estendendo até às 21h. No sábado cedo, o motorista fará uma viagem mais confortável”, aponta o gestor.

A volta do feriado, por sua vez, se concentrará na noite da segunda-feira de Natal. “A tendência é que as pessoas comecem a retornar na direção da Capital logo após o almoço. Por volta das 15h, já encontraremos um volume maior de veículo. A sugestão é que, se possível, o motorista adiante a viagem”, destaca.

Caso o usuário precise de auxílio mecânico, pode entrar em contato 24h com a CCR ViaOeste pelo 0800 701 5555.

Horários de maior movimento

Sexta-feira – 22.12
Entre 10h e 21h (sentido Interior)

Sábado – 23.12
Entre 10h e 13h (sentido Interior)

Segunda-feira – 25.12
Entre 15h e 22h (sentido Capital)

Ajuda ao usuário

O motorista que precisar de informações, ou utilizar o banheiro, conta com Pontos móveis de ajuda ao usuário (Casa do Usuário Móvel) nos seguintes trechos:

 IDA

      · 22/12 (sexta-feira) – 6h às 24h – Rod. Castello Branco, km 41- sentido Interior

      · 23/12 (sábado) – 7h às 17h – Rod. Castello Branco, km 41- sentido Interior

VOLTA

      · 25/12 (segunda-feira) – 14h às 23h – Rod. Castello Branco, km 39 – sentido Capital

                                         14h às 23h – Rod. Castello Branco, km 41 – sentido Interior

As equipes de atendimento da concessionária estarão em plena atividade para atender a demanda adicional de veículos. Neste feriado, com apoio da empresa Porto Seguro, a CCR ViaOeste reforçará sua frota com viaturas e guinchos adicionais, totalizando 57 veículos.

As praças de pedágio atenderão com capacidade plena nas cabines de arrecadação. Caso seja necessário, a concessionária acionará a operação "papa-fila".

Restrições

No domingo, 24, e na segunda-feira, 25, o tráfego de caminhões estará proibido na rodovia Castello Branco, no sentido Capital, entre às 14h e 1h, segundo portaria SUP/DER-084-22/12/2010.

Obras

As obras em execução no Sistema que possam causar interferência no tráfego, como desvios ou interdições de pista, serão suspensas durante os horários de pico estabelecidos, para que os usuários possam trafegar com capacidade plena da rodovia.

Plantão de Feriado

Lembramos que, para conferir maior agilidade à transmissão de informações aos veículos de imprensa e aos usuários, a CCR ViaOeste disponibiliza em seu site www.viaoeste.com.br, em tempo real e ininterruptamente, as condições de tráfego do Sistema Castello-Raposo.

Condições de tráfego e ocorrências nas rodovias (24h) – 11 | 2664 6133 / 2664 6102

PLANTÃO DE FERIADO

Assessoria de comunicação – 11 | 9.9955-1388 – Daniele Rolim daniele.rolim@grupoccr.com.br

Agendamento de links – 9h às 18h

Site – www.viaoeste.com.br

0800 701 5555

 

 
Assessoria de Comunicação CCR ViaOeste 
Daniele Rolim
(11) 2664-6138 | (11) 9.9955-1388
daniele.rolim@grupoccr.com.br
Condições das Rodovias (24h) – 11 | 2664 6133 / 2664 6102
www.viaoeste.com.br

Sobre a CCR ViaOeste: A CCR ViaOeste é responsável pela administração do Sistema Castello-Raposo e gerencia 168,62 quilômetros de rodovias, compreendendo as Rodovias Castello Branco (SP-280), de Osasco a Itu; Raposo Tavares (SP-270), de Cotia a Araçoiaba da Serra; Senador José Ermírio de Moraes (SP-075), de Sorocaba a Itu e Dr. Celso Charuri (SP-091/270), em Sorocaba. Foi a sexta concessionária a integrar o Grupo CCR.

Sobre o Grupo CCR: Fundado em 1999, o Grupo CCR é uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina. Controla, atualmente, 3.265 quilômetros de rodovias sob a gestão das concessionárias CCR NovaDutra (SP-RJ), CCR ViaLagos (RJ), CCR RodoNorte (PR), CCR AutoBAn (SP), CCR ViaOeste (SP), CCR RodoAnel (SP), Renovias (SP), CCR SPVias (SP) e CCR MSVia (MS). Também faz parte do controle acionário da concessionária ViaRio, responsável pela construção e operação do Corredor Expresso Transolímpica, no Rio de Janeiro. O Grupo CCR atua ainda no setor de transmissão de dados de alta capacidade por meio da Samm, empresa prestadora de serviços de comunicação multimídia e conectividade IP com mais de 4.700 quilômetros de fibra óptica subterrânea e aérea. Além disso, o Grupo CCR está presente no segmento de transporte de passageiros por meio das concessionárias ViaQuatro, CCR Barcas e CCR Metrô Bahia, responsáveis, respectivamente, pela operação da Linha 4-Amarela de metrô de São Paulo, pelo transporte aquaviário de passageiros no Rio de Janeiro e pelo sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, além de ter participação na concessão do VLT Carioca (Veículo Leve sobre Trilhos), que interligará a região portuária e o centro do Rio de Janeiro. O grupo ingressou, em 2012, no setor aeroportuário, com a aquisição de participação acionária nas concessionárias dos aeroportos internacionais de Quito (Equador), San José (Costa Rica) e Curaçao. No Brasil, possui a concessionária BH Airport, responsável pela gestão do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Em 2015, adquiriu a TAS (Total Airport Services), empresa norte-americana prestadora de serviços aeroportuários. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, a CCR assinou o Pacto Global da ONU e, em 2016, faz parte da carteira teórica do ISE (Índice de Sustentabilidade Empresarial), da BM&FBovespa, pelo quinto ano consecutivo. Emprega, atualmente, cerca de 11 mil colaboradores.


Voltar